Menu

Rádio

www.radiorosamistica.com

Rosa Mística

Evangelho do dia 14/04

14 ABR 2019
14 de Abril de 2019

Lucas 22, 14-23.56       Ramos da Paixão  

"14.Chegada que foi a hora, Jesus pôs-se à mesa, e com ele os apóstolos. 15.Disse-lhes: “Tenho desejado ardentemente comer convosco esta Páscoa, antes de sofrer. 16.Pois vos digo: não tornarei a comê-la, até que ela se cumpra no Reino de Deus”. 17.Pegando o cálice, deu graças e disse: “Tomai este cálice e distribuí-o entre vós. 18.Pois vos digo: já não tornarei a beber do fruto da videira, até que venha o Reino de Deus”. 19.Tomou em seguida o pão e depois de ter dado graças, partiu-o e deu-lho, dizendo: “Isto é o meu corpo, que é dado por vós; fazei isto em memória de mim”. 20.Do mesmo modo tomou também o cálice, depois de cear, dizendo: “Este cálice é a Nova Aliança em meu sangue, que é derramado por vós...* 21.Entretanto, eis que a mão de quem me trai está à mesa comigo. 22.O Filho do Homem vai, segundo o que está determinado, mas ai daquele homem por quem ele é traído!”. 23.Perguntavam então os discípulos entre si quem deles seria o que tal haveria de fazer.”

"56.Uma criada viu Pedro sentado junto ao fogo, encarou-o de perto e disse: “Também este homem estava com ele”." 

Meditando a Palavra:

 

“O Filho do homem, vai, segundo o que foi determinado, mas ai daquele homem por quem ele for entregue.”

 

O evangelho de hoje, Domingo de Ramos e da Paixão do Senhor, nos ensina que Jesus veio para servir e não ser servido. O agir de Jesus como dos seus seguidores nada tem a ver com o agir dos chefes das nações que as dominam e ainda são chamados de benfeitores. A paixão e morte de Jesus tem para nós seus seguidores uma exigência de conversão, ou seja, mudança de mentalidade. Para estarmos no serviço do Reino de Deus e a sua justiça, antes é preciso seguir os critérios de Deus, segundo os passos de Jesus. Nós somos o povo de Deus que repete o que fez Jesus na última ceia.

Jesus não repartiu simplesmente o pão e deu de beber o vinho, antes deu a todos nós a sua vida, existência para que no nosso dia a dia  a vida em fraternidade expressasse o amor do Deus vivo e verdadeiro que quer abraçar a todos.

Fica conosco Senhor, e dá-nos compreender o mistério da paixão e morte de cruz, para que tenhamos uma vida digna do teu chamado.

Abençoa Senhor a nossa vida e o nosso trabalho. Amém.

 

Voltar

Rua Souza Dias s/n Lote 325
Icaraí - Niterói - Rio de Janeiro

Rádio Rosa Mística

Tenha também o seu site. É grátis!