Menu

Rádio

www.radiorosamistica.com

Rosa Mística

Evangelho do dia 09/07

09 JUL 2018
09 de Julho de 2018

Mateus 9, 18-26           

 

“Falava ele ainda, quando se apresentou um chefe da sinagoga. Prostrou-se diante dele e lhe disse: “Senhor, minha filha acaba de morrer. Mas vem, impõe-lhe as mãos e ela viverá. “Jesus levantou-se e o foi seguindo com seus discípulos.

Ora, uma mulher atormentada por um fluxo de sangue, havia doze anos, aproximou-se dele por trás, e tocou-lhe a orla do manto. Dizia consigo: “Se eu somente tocar na sua vestimenta, serei curada.” Jesus virou-se ,  viu-a e disse-lhe: “Tem confiança , minha filha, tua fé te salvou.” E a mulher ficou curada instantaneamente.

Chegando à casa do chefe da sinagoga, viu Jesus os tocadores de flauta e uma multidão alvoroçada. Disse-lhe: “Retirai-vos, porque a menina não está morta, ela dorme.”

Eles, porém, zombavam dele. Tendo saído a multidão , ele entrou, tomou a menina pela mão e ela levantou-se. Esta notícia espalhou-se por toda a região.”

 

Meditando a Palavra

 

“Minha filha acaba de morrer. Mas, vem impõe-lhe a mão e ela viverá;”

 

O evangelho de hoje nos ensina que o poder de Jesus sobre a morte e a doença é o sinal de um mundo novo liberto de todos os males. Nos sinais operados por Jesus, precisamos ver a realização da construção do reino. Cada um que crê precisa, como o pai da menina e como a  mulher que sofre hemorragia, ver na pessoa e exigência de Jesus a força de Deus atuando no mundo.

Como podemos ver Jesus atuando nos nossos dias?

As curas e libertações nos nossos dias precisam ser vistas e discernidas, segundo as exigências da comunhão e participação. O que adiante ver o sol se eu não compreendo que o Pai do céu dá o seu sol para todos, ou seja, para bons e maus.

Ser curado por Jesus, seja no físico ou no espírito, é sinal de que a bondade de Deus nos visita e nos dá a alegria de uma vida em plenitude. Uma vez tendo esta visão de fé também podemos descobrir um novo jeito de caminhar com Jesus e com ele construir o reino de Deus que também é nosso. Vejamos 1 Tess 4,13: “Irmãos, não queremos que ignoreis o que se refere aos mortos , para não ficardes tristes como os outros que não têm esperança.”

Se o Senhor que ressurgiu dos mortos, vive conosco, também tem o poder de transformar nossa vida, a fim de que a nossa esperança seja de fato o sinal de uma vida dedicada a ele e a sua obra.

Senhor, nós cremos, mas aumenta a nossa fé , para que nada seja obstáculo ao nosso trabalho e convivência de irmãos.

Dá-nos um coração acolhedor e abençoa a nossa vida e o nosso trabalho. Amém.

 

Voltar

Rua Souza Dias s/n Lote 325
Icaraí - Niterói - Rio de Janeiro

Rádio Rosa Mística

Tenha você também a sua rádio