Menu

Rádio

www.radiorosamistica.com

Rosa Mística

Evangelho do dia 12/06

12 JUN 2018
12 de Junho de 2018

Mateus 5, 13-16     

“Vós sois o sal da terra. Se o sal perder o sabor, com que lhe será restituído o sabor? Para nada mais serve senão para ser lançado fora e ser calcado pelos homens.

Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada  sobre uma montanha, nem se acende uma luz para colocá-la debaixo do alqueire, mas sim para colocá-la sobre o candeeiro, a fim de que brilhe a todos os que estão em casa.

Assim brilhe vossa luz diante dos homens, para que  vejam as vossas boas obras e glorifiquem vosso Pai que está nos céus.”

 

Meditando a Palavra

 

“Vós sois a luz do mundo.”

 

O evangelho de hoje nos ensina que a palavra de Jesus é poderosa e criadora. Ser luz do mundo, ser sal da terra são exigências que desencadeiam reações positivas diante de nós mesmos, diante dos outros, diante do mundo e diante do próprio Senhor que nos convida para o serviço por amor. Jesus, o Senhor veio para a salvação de todos e nós seus seguidores devemos cumprir a tarefa que nos foi confiada: “ser luz e ser sal”.

Todo esforço é válido para que Jesus, o Senhor, apareça com toda sua glória e poder através de quem crer.

Cada batizado tem seu lugar na Igreja e no mundo. É como uma planta que não pode ser transplantada e nem cortada da vida. Nosso Deus não contabiliza perda, por isso quando o Senhor diz: “Vós sois luz do mundo” Ele quer que onde estejamos apareça o nosso ser cristão. De fato assim como a luz brilha para todos, também nossa luz, ou seja  novidade que é Jesus deve brilhar pelos gestos de vida de cada um de nós que está no mundo , como se fôssemos uma cidade no alto de um monte. Estamos exposto por causa de Cristo , assim como o Cristo  trabalhou para a glória do Pai, também devemos trabalhar, estar no serviço  para que Cristo apareça naquilo que somos e fazemos.

Quanto ao ser sal diz da capacidade em congregar, fazer com que haja uma força que facilita a partilha e alimenta a vida.  O sal dos pastores que trazia de volta o rebanho para o redil deve ser o sabor que haurimos do Senhor, para que ninguém se perca  por nossa causa, mas tenha a salvação vivendo com gosto sua pertença a Cristo e a sua Igreja.

Senhor, sabemos que precisamos ser e ser sal da terra, por isso te pedimos: dá-nos a tua paz.

Abençoa, Senhor a nossa vida e o nosso trabalho. Amém.

Voltar

Rua Souza Dias s/n Lote 325
Icaraí - Niterói - Rio de Janeiro

Rádio Rosa Mística

Tenha você também a sua rádio