Menu

Rádio

www.radiorosamistica.com

Rosa Mística

Evangelho do dia 08/04

08 ABR 2018
08 de Abril de 2018

João 20, 19-31    Divina Misericórdia  

 

“Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: “A paz esteja convosco!” Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. Disse-lhes outra vez: “A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou assim também eu vos envio a vós.”  Depois dessa palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes: “Recebei o Espírito Santo. Aqueles a quem perdoardes os pecados, ser-lhes-ão perdoados, àqueles a quem os retiverdes, ser-lhes-ão retidos.”

Tomé, um dos Doze chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus. Os outros discípulos disseram-lhe: “Vimos o Senhor.” Mas ele replicou-lhes:  “Se não vir nas suas mãos o sinal dos pregos, e não puser o meu dedo no lugar dos pregos, e não introduzir a minha mão no seu lado não acreditarei!” Oito dias depois, estavam os seus discípulos outra vez no mesmo lugar e Tomé com eles. Estando trancadas as portas, veio Jesus, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco!” Depois disse a Tomé: “Introduz aqui o teu dedo e vê as minhas mãos. Põe a tua mão no meu lado. Não sejas incrédulo, mas homem de fé. “respondeu-lhe Tomé: “Meu Senhor e meu Deus!” Disse-lhe Jesus: “Creste, porque me viste. Felizes aqueles que crêem sem ter me visto!”

Fez Jesus, na presença dos seus discípulos, ainda outros milagres que não estão descritos neste livro. Mas estes foram escritos para que creiais que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e para que, crendo tenhais a vida em seu nome.”

 

Meditando a Palavra

 

“Oito dias depois, achavam-se os discípulos, de novo, dentro de casa, e Tomé com eles. Jesus veio, estando as portas fechadas, pôs-se no meio deles e disse: A paz esteja convosco.”

O evangelho de hoje nos ensina que foi dado a Tomé experimentar a realidade do ressuscitado, ou  melhor do crucificado, isto porque apalpa as marcas do seu sofrimento.

Tomé proclama sua fé e a torna verdadeira e fiel. Quanto aos outros que não tiveram tal oportunidade o Senhor afirma que terão que acreditar também, e por isso são chamados de felizes. Todos nós somos felizes porque cremos no Senhor ressuscitado. A paz esteja convosco, diz o ressuscitado. Neste momento Jesus se manifesta vivo aos discípulos.

Hoje não pode ser diferente quando o celebrante saúda e deseja a paz.

A comunidade, segundo o evangelho de hoje, é o lugar da experiência de que o Senhor vive e deseja a paz que constrói o homem novo, liberto do pecado e de tudo que nega o projeto de Deus concretizado na pessoa do Filho amado que passou pela paixão, morte e ressurreição.

Vencer a incredulidade é o desafio posto para todos. Tomé é para nós o modelo de quem vence a incredulidade, não foi diferente para os demais discípulos. Não, não podemos ceder a tentação e trocar nossa fé por outra fé. Assim como os cristãos daqueles tempos passavam por inúmeros sofrimentos a ponto de negar o Senhor Ressuscitado, também nós hoje temos os nossos sofrimentos , nem por isso podemos deixar que o medo tire de nós a força de experimentar o Senhor vivo na comunidade de batizados.

Abençoa, Senhor a nossa vida e o nosso trabalho. Amém.

Voltar

Rua Souza Dias s/n Lote 325
Icaraí - Niterói - Rio de Janeiro

Rádio Rosa Mística

Tenha você também a sua rádio