Menu

Rádio

www.radiorosamistica.com

Rosa Mística

Evangelho do dia 07/01

07 JAN 2018
07 de Janeiro de 2018

Mateus 2,1-12.  Epifania do Senhor  

 

“Tendo, pois, Jesus nascido em Belém de Judá, no tempo do rei Herodes, eis que magos vieram do Oriente a Jerusalém. Perguntaram eles: “Onde está o rei dos judeus que acaba de nascer? Vimos a sua estrela no oriente e viemos adorá-lo.” A esta notícia, o rei Herodes ficou perturbado e toda Jerusalém com ele. Convocou os príncipes dos sacerdotes e os escribas do povo e indagou deles onde havia de nascer o Cristo. Disseram-lhe: “Em Belém, na Judéia, porque assim foi escrito pelo profeta: E tu Belém, terra de Judá, não és de modo algum menor entre as cidades de Judá, porque de ti sairá o chefe que governará Israel, meu povo.” Herodes, então, chamou secretamente os magos e perguntou-lhes sobre a época exata em que o astro lhes tinha aparecido. E, enviando-os a Belém, disse: “Ide e informai-vos bem a respeito do menino. Quando o tiverdes encontrado, comunicai-me, para que eu também vá adorá-lo.” Tendo eles ouvido as palavras do rei, partiram.

E eis que a estrela, que tinham visto no oriente, os foi precedendo até chegar sobre o lugar onde estava o menino e ali parou. A aparição daquela estrela os encheu de profunda alegria. Entrando na casa, acharam o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se diante dele, o adoraram. Depois, abrindo seus tesouros, ofereceram-lhe como presentes: ouro, incenso e mirra. Avisados em sonhos de não tornarem a Herodes, voltaram para sua terra por outro caminho.”

 

Meditando a Palavra

 

“No tempo de Herodes, eis que vieram magos do oriente a Jerusalém, perguntando: Onde está o rei dos judeus, recém-nascido? Com efeito, vimos sua estrela no Oriente e vimos adorá-lo.”

 

O evangelho de hoje nos ensina que o universalismo do Cristo resplandece no testemunho do Espírito de Cristo nas comunidades de amor fraterno. Hoje festa da Epifania de Nosso Senhor, Belém, lugar onde a estrela parou deve ser a referência de que o canal da salvação universal não é necessariamente o que é grande aos olhos do mundo, nem o que é neutro e pertence a todos e a ninguém. A salvação é um filho de povo pequeno e um tanto ciumento, e ainda da parte mais humilde de parte deste povo.

Israel, se tornou de fato, o centro do mundo, mas não para si mesmo, mas para que nele brilhasse a luz para todos. Aos poucos tudo fica claro quando muitos unem suas vidas e a vida do menino do presépio.

A fundação dos reis magos revela para nós que Jesus veio para toda humanidade. Os reis magos representam os homens do mundo inteiro, que se deixam guiar pela mensagem de paz e do amor de Cristo. Eles são a figura da Igreja, formada por povos de todas as raças e tribos, línguas, nações. Fazer parte da Igreja não que dizer renunciar à própria identidade, não quer dizer submeter-se a uma injusta e falsa uniformidade. Os reis magos nos ensinam que os povos devem manter suas características culturais e com elas enriquecerem a Igreja universal.

Senhor, como os reis magos queremos chegar a Belém para contemplar a mesma realidade, um menino recém- nascido. Iluminai o nosso espírito, Senhor, pela ação da tua palavra a fim de que possamos falar do que nossos olhos vêem e o nosso coração contempla.

Abençoa Senhor a nossa vida e o nosso trabalho. Amém.

Voltar

Rua Souza Dias s/n Lote 325
Icaraí - Niterói - Rio de Janeiro

Rádio Rosa Mística

Tenha você também a sua rádio